quinta-feira, 27 de novembro de 2008

Cores da casa da minha Mãe...




Tinha programado um post sobre as cores que comprei para pintar a minha casa (graças a inspiração dos blogs que visito vou começar a renovar o visual da minha casa), entretanto fui na casa da minha Mãe ontem a tarde, lá parece um sítio no meio da cidade (depois falo das cores da casa dela, isso é um post a parte,rsrsrs), e não resisti a beleza que está as árvores com flores e frutos, as cores da natureza são perfeitas.
Isso me trouxe lembranças da minha infância: comer fruta no pé, adorava correr descalça pelo quintal, comer manga verde em cima da árvore quando estava chovendo, que delícia o gosto da manga misturado com chuva,rsrsrs; brigar com a molecada na rua pelo caju mais bonito (engraçado que hoje em dia não como caju de jeito nenhum), e depois recolher as castanhas do caju para fazer paçoca no pilão de madeira ,pois assim é muito mais gostosa;
Subir nas palmeiras de açaí (acredite eu fazia isso), apanhar o cacho mais pretinho e amassar no aguidá da Tia Ná para tomar açaí fresquinho. Catar café no pé para torrar e passar no moedor azul da casa do meu Avô (Tia Ná é a segunda esposa dele e que considero minha avó, pois não tive o prazer de conhecer minha vó de sangue,falando no meu avó na casa dele tem uns objetos pelos quais sou apaixonada, porém isso também é outro assunto).
Meu Tio Beto colocou uma tábua num pé de jambo e ali era minha casa da árvore (lembro de como chorei quando ele cortou o jambeiro, afinal ali era o meu canto especial).
Meu pai se separou da minha Mãe quando eu tinha cinco anos e ela sofreu por amor durante uns dez, e quando ela começava a chorar eu me escondia em cima das árvores, lá de cima todos os problemas eram tão pequenos...e tenho isso comigo até hoje, todos os problemas são pequenos demais para me atormentarem, só esquento a cabeça com os meus quilinhos a mais...acho que por isso tenho uma ligação forte com a natureza, adoro plantas, flores e frutos, eles me fizeram companhia num momento difícil, rsrsrs...
Meu sonho é ter um sítio, um lugar para plantar e para colher, criar umas galinhas, uma vaca leiteira, um fogão de lenha, uma mesa bem grande para receber os amigos, um igarapé de água fria, uma varanda com uma rede, o Namorido para fazer um cafuné, aguá de coco e um bicho-de-pé para coçar,rsrsrsrs...melhor sem essa parte do bicho... para ver o sol se pôr e todos os dias agradecer a Deus pela vida...




3 comentários:

Isabel Cristina disse...

OI Eliene, também fui criada em casa com quintal, galinhas, frutas, boizinhos de chuchu (vc fazia?). Por sinal é nesta casa que moro hoje, pois minha mãe mudou e deixou a casa para mim. Preservo as árvores, as plantas e no final de semana vão chegar nossas galinhas (as galinhas da mamãe estão velhinhas já). Quero que minha filha possa viver uma infância ativa e feliz, como foi a minha. Beijos

Coisas de Moças disse...

Oii Eliene, tem uma brincadeira pra você no meu blogger.
Beijos

Luana disse...

Passei pra te desejar um ótimo fds!
Adorei as cores da casa de sua mãe, minha infância foi no sitio da minha vó no inteiro aqui de Sampa, é muito bom conviver com natureza né... Tbm comia manga em cima do pé de arvore (quer dizer eu praticamente não saia de cima das arvores, uma macaquinha, era meu cantinho favorito), andar descalço na terra e no mato, brincar com os bichos (vaca, galinhas, porcos entre outros)...
Ai que saudade que deu relembrar.
Lindo o visual do seu blog, vc nem me mandou seu e-mail para eu passar as dicas né? Não faz mal, tá fofo seu blog.
Bjos

Related Posts with Thumbnails