terça-feira, 31 de agosto de 2010

Amiga e o tempo!

Ela está comigo desde os meus 10 anos, faz muito tempo não, rsrs...E, trás recordações e histórias da época  que eu sonhava em ser gente grande,mas será que cresci?
Lembro que imaginava como seria minha vida quando eu chegasse aos trinta, confesso que tive uma crise de choro aos 29, pode ser besteira, contudo ainda tinha tanta coisa pra fazer e eu nem vi o tempo passar,na verdade costumo dizer que o tempo só foi ingrato com a minha cintura,nem mais lembro como era, ai ai.
O tempo passas,os sonhos mudam e a cada passo um tempo diferente,experiências, dores, desabores, alegrias por tudo que vivi, sim meu bem as decepções fazem parte,a gente chora,ama,desama e ri quando lembra das besteiras que fez ou falou (minha única especialidade),rsrs.
Trago comigo cicatrizes,mas escolhi sempre viver!
Não tenho mais pressa, não quero mais crescer (nem para os lados por favor) e meu espírito ainda tem muito da menina de 10 anos, que simplifica tudo o que fala e faz!
Me perco em meus pensamentos e as palavras nem sempre saem como elaborei,mas acho que me entendes né?

 Beijos saudosos!

Eliene Vila Nova


 

26 comentários:

Bordados e Retalhos disse...

Claro que eu te entendo. Quase tudo que vc escreveu também vivi e sobrevivi. Bjs querida e passa lá no blog hoje.

Lu disse...

Oi, tbem ja passei por muitas dessas coisas q passou, mas estamos aí né...e quanto a cinturinha, comigo não foi diferente!!!rs...
seu blog é muito legal!!!
Estou te seguindo...espero sua visitinha la no meu!

decorefeliz.blogspot.com

Cheiro de Vanilla disse...

Logico que entendo, vivemos mais ou menos sempre as mesmas coisas.
E vc escreve super bem, uma graca, amo te visitar.
Bjs.....
Gostei da bonequinha, era uma das moraguinhos?

lu kowalski disse...

olha amiga, eu ainda guardo alguns brinquedinhos de infãncia, mas o q eu amo mesmo é um cachorrinho bem pequenininho, o Quick, q não vendo, não troco, não empresto por nada desse mundo, acho q ele representa uma epóca q eu gostaria de poder reviver, qdo era criança e não sabia nada da vida, só tinha sonhos, alguns q esqueci, outros q não se realizaram e outros q ainda estão aqui, e q algum dia vão se realizar...é bem como vc disse, a gente ama, desama e vai vivendo....o importante é buscar a felicidade...beijos, sabor café!!!!

Maiby Martins disse...

é. ainda tenho meu Ursinho Carinhoso Bebê Tudo Azul exposto no meu quarto.
sei bem td o que vc falou e sentiu nesse post, tb passei (passo) por isso. não dá pra negar, não tem como esquecer.
já cintura... o que vem a ser cintura? isso come? isso morde? hihihihi.
bejins

trecos e apetrechos da Fran disse...

E como entendo!
Também passei algumas coisas que você citou, acho que faz parte da etapa do crescimento...
Que saudades das minhas Moranguinhos hehehe

Fatima disse...

Todo mundo passa por isso amiga!
Bjs.

Falcolina Coisas da Lina disse...

Amiga... quero te chamar assim, posso?
Gostei de uma frase que escolhi pensado no que escreveu:

"Eu não tenho idade. Tenho vida." (Vânia Toledo)

A nossa vida é mais importante que tudo né? Continue assim, com espírito de menina, faz bem pra alma...

Bjs,
Lina Falco.

falcolinacoisasdalina.blogspot.com

Aline disse...

Está emotiva hoje Eliene!! Cada idade tem sua beleza e traz sempre mais experiência... Sinto saudade de algumas recordações de infânica, mas não gostaria de voltar no tempo.. Ontem comentei uma coisa com meu marido, que eu gostaria de desfrutar de situação "x", que hoje dou valor a ela, e que outros tem essa oportunidade, porém não dão o valor... complicado ne? Só vendo de longe para medirmos o real valor das coisas...
As vezes falo muito também mas não sei se me faço clara...rs...
Beijosss

monica ventura disse...

Olá Eliene,te compreendo muito bem ,passei tb por isso,aos 30 anos minha vida mudou muito ,foi quando vim viver pra Portugal,dexei tudo minha casa que eu amava e tinha construido tudo com muito amor e alguma dificuldade,tudo no começo da vida e do casamento não é muito facil.fiquei com uma crise e me achava velha por fazer 30 anos ,agora ja passaram 12 anos e me sinto muito bem aos 42 anos ,ja passei por perdas e sofrimentos ,mas cresci com tudo isso,quanto a cinturinha é normal ,mas quando queremos conseguimos tudo,digo isso pk de junho pra ca estou sendo orientada por uma nutricionista,e como mais e estou mais magra 16 kilos ,a cintura esta ficando fininha e o marido diz que tem que me procurar na cama rsrsrs e olha que sou alta .Bj fica com Deus gosto muito de você

Silvana Fabbri disse...

é a vida, é bonita e é bonita ..... viver e não ter a vergonha de ser feliz ..... eu sou muito feliz com minha cinturinha .... não sei a medida dela e nem quero saber .... mas sei que um dia ela esteve lá ....
Beijokas
meumundocordeabobora.blogspot.com

Priscila disse...

Oi amiga, tem dia que estamos assim mesmo, um pouco nostálgica, essa bonequinha é a laranjinha né?! Eu tinha a moranguinho e outra fruta que não lembro, não tenho mais nenhum brinquedo, sou filha mais velha e a mais nova tomou conta de tudo e quebrou tudo tbm, ao contrário de mim ela não tinha cuidado com os brinquedos,rsrs, mas tenho uma barbie noiva que ganhei do meu amor ano passado no dia das crianças, acredita?!rsrs
bjs...

Veronica Kraemer disse...

Amada , to rindo aqui!!! rsrsrsrsrs
Adoro seu jeitinho de escrever!!!
Sabes que aos 29 tomei um porre, não cri que AQUILO acontecia comigo, quase 30...
Mas vou te falar, esta é a melhor época, mesmo que não deixemos de ser meninas, nem podemos, né?
Amei este post!!!
beijosssssssssssss
Vero

Taia Assunção disse...

Que linda, aliás que lindas...as duas bonecas. As cicatrizes fazem parte da história. Beijocas!

Ana Maria ( Jeito de Casa ) disse...

oi Eliene

Tão bom ser um pouco saudosista!!!
que bacana ter a lembrança assim tão bem cuidada!!!
ainda ontem aqui em casa começamos a conversar sobre lembranças da infância, oh delícia... bjus

Mα∂ємσiѕєℓℓe Ѽ disse...

Olá querida, muito obrigada por visitar meu espaço. Fique a vontade, a casa é sua!!

bjs e obrigada por divulgar bt
Au revoir!!

Fernanda Reali disse...

Adorei a bonequinha com cara espevitada, devem ter aprontado muito vocês duas! Não gostei da minha infância e procuro não lembrar de nada. Gosto do hoje.
bjs

Keilla disse...

Muito obrigada pela atenção, fica com Deus!

Lu * disse...

Me emocionando, como sempre, e agora me inspirando...
Vai lá ver o post novo.
Mil bjs

Santa Amelinha disse...

Ai que linda, sempre delicada!
Te adoro migaaaaaaaa

Barbie Girl disse...

Aiii, faz parte da vida, né querida!!

venha para festa do meu cantinho, vamos espalhar amor pela blogosfera!!
To te esperando!

beijos

Ana Maria Nogueira disse...

Oi amiga, que bom ! pensei que era so eu.... Mas quendo fiz meus 30 anos tive tambem uma crise de choro, fiquei muito triste achando que ja estava muito velha, 30 anos!!!!!!! Era muito!!! Hoje, ja se passaram 33 anos estou muito feliz! Claro, as vezes me olho no espelho ( e como diz Nando Reis) e digo: Essa cara nao e minha!!! rsrs. Mas... E a vida!!! Beijos de quem te admira muito!!

Rosana Remor disse...

Eu entendo...tô com 44 e às vezes, bate um banzo...o tempo voa...voa...e eu não consigo acompanhar!!Mas a gente se acostuma,não devia, mas se acostuma...Beijos!!

Mα∂ємσiѕєℓℓe Ѽ disse...

Olá querida, passando pra te desejar um doce fim de semana!
;*

bjs e Au Revoir!

Ana Carla Benet disse...

Eu tinha uma dessa ! Só q a minha era vestida de noivinha ... devido minha idade avançada, não lembro pq tinha uma moranguinho noiva ! kkkk

Faz uns 23 anos ... Aff !

Ana Carla Benet disse...

Só pra registrar ... minha irmã destruiu minha bonequinha qdo nasceu. #sofremos

Related Posts with Thumbnails