sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

Era só uma pintura...


Que loucura hoje!
E havia falado aqui que inspirada nos blogs que acompanho tinha planejado reformar minha casa futuramente e aos poucos, comprei até as tintas e guardei no quartinho da bagunça, pois esperava juntar mais uma grana para começar minha pequena obra: pintura da casa, das grades da varanda, das portas, e algumas coisinhas mais.
Não me preocupei em procurar por um pedreiro pois, meu Tio Beto é um de primeira linha, o problema é conseguir uma vaga na agenda dele, eis minha surpresa quando meu Tio apareceu hoje em casa dizendo que ia começar meu serviço.
- Meu Deus, então vamos lá!.Afinal não poderia perder a oportunidade.
Plano inicial: pintar as grades da varanda de branco e as paredes de azul imperial.(cansei do verde)
Antes de tudo é necessário dizer que moro nos altos da antiga padaria dos meus sogros (a parte de baixo é o meu tormento-horrível, fizemos uma reforma quando mudamos pois, a casa é antiga e muito mal estruturada) então, no momento, a urgência era a pintura que estava muito deteriorada.


Minha varanda estava assim pela manhã

Voltando a varanda, tinha uma caixa de ar-condicionado que me incomodava muito e não era utilizada, cansei de bater minha cabeça nela.
Então sugeri ao Namorido: '' Amor o que você acha da gente arrancar esse troço daí?", ele me olhou com a quela cara de quem diz, Aì vem bomba, e disse: -"Só isso?"(ele odeia quebra-quebra).Eu disse: "Só isso",rsrsrs.
-"Tio arranca esse troço dai!", saiu a caixa, falei pro Namorido:" Poxa Amor essas grades das janelas são tão antigas e ocupam tanto espaço, vamos tirar e mandar diminuir?". Ele: " Eliene a gente só ia pintar a casa, já tirou a caixa do ar, agora reformar grade, está fora do orçamento."
-"A gente tira e manda reformar rapidinho",falei com minha cara de cachorro pidão,rsrsrs.
-"Só a grade e nada mais!",ele muito preocupado com o dinheiro (afinal, ele está certo, reforma precisa de planejamento e orçamento).
-"Tio arranca essas grades daí."
Caixa e grades no chão, a varanda ficou com muito mais espaço, adorei, pensei melhor e disse:"Amor vamos ficar sem as grades, o visual ficou melhor.", não havia percebido que as janelas dos quartos eram tão grandes, amei a vista que ficou do nosso quarto.
Mas, um pequeno detalhe, são janelas antigas e muito feias, então idéia: "Amooorrr, tem um verniz aí guardado há muito tempo, vamos passar nas janelas e na porta?". Eu queria tudo branquinho,contudo sabia que dava mais trabalho e ele não aceitaria.
-"Eu sabia que essa pintura ia me custar caro, eu não sei pintar janela, e nem posso pagar um pintor agora", pensa num homen agoniado,rsrsrsrs.

Que cara heim? rsrsrs

-"Eu te ajudo,vai,por favor!!!", pedi com muito carinho,rsrsrs. Muito contrariado ele falou: "Está bem, vai pegar a tinta!",lógico que corri e fui atrás de material e passamos a tarde pintando as janelas e a porta(futuramente pretendo trocá-las,por isso só o verniz já quebrava o galho).

Resultado no final da tarde:
- caixa do ar : retirada;
- grades das janelas: arrancadas;
- janelas e porta: pintadas;
- casa: virada de pernas para o ar e com muita poeira do quebra-quebra;
- minhas costas: quebradas.
Detalhe, hoje só foi o primeiro dia.Porém, só ouvir dele que a varanda estava ficando mais bonita, já valeu a pena.
Amanhã é outro dia, a noite volto para contar mais sobre a "pintura da varanda".


*PS: como não sou escritora, entretanto sendo "Severino" me arrisco, peço desculpas pela tentativa da narrativa e pelos erros de português.



3 comentários:

Rossana disse...

A última foto da varanda (se é que você me entende...) é uma bela paisagem, rs!!
Beijos e boa sorte por aí!

jose rodrigo do nascimento disse...

gostei da minha foto ai amor

Zélia Sioly disse...

Eiiiiiiiii, amiga

que coisa heim, quanta reforma
quando eu chegar por ai estará td diferente.
Parabéns preta por toda sua criatividade,vc é abençoada.
bjus

Related Posts with Thumbnails